Cotidiano

Santa Casa capta segundo coração do ano

12/06/2018

Na tarde desta terça-feira (12), a OPO (Organização de Procura de Órgãos) da Santa Casa de Campo Grande realizou mais uma captação de órgãos. Na oportunidade foram captados o coração, pâncreas, fígado, rins e as córneas. Esta foi a 17ª captação de órgãos que pode beneficiar até sete pessoas que aguardam por transplantes.

 

O primeiro órgão retirado foi o coração, captado pelo médico, Dr. Ronaldo Honorato, de São Paulo. Para que o coração chegasse a tempo de transplantar no Hospital do Coração (SP) foi disponibilizado um jato fretado e batedores do Corpo de Bombeiros.

 

De acordo com o cirurgião, esta foi mais uma captação realizada com sucesso que garantirá uma melhor qualidade de vida ao paciente receptor. “O receptor é um homem de 56 anos de idade com uma doença coronária muito avançada e que esperava este órgão por muito tempo. É importante lembrar e agradecer a família doadora em fazer questão de doar mesmo em meio ao processo tão difícil, que é a morte”, comentou o médico.

 

O fígado será encaminhado para o Acre e o pâncreas para São Paulo, para realizar o transporte de ambos os órgãos foi preciso a ajuda da Força Aérea Brasileira (FAB). Um dos rins do paciente foi encaminhado para São Paulo por meio de voo comercial e outro permanecerá na Santa Casa para ser transplantado em um paciente que sofria de uma doença crônica renal. 

 

Ao sair do procedimento o cirurgião cardíaco também agradeceu à equipe do hospital e a direção pelo empenho de serem facilitadores do processo de doação de órgãos no Estado. “A Santa Casa, mesmo sem estar fazendo transplante de coração ainda, se mostrou muito preparada, oferecendo uma capacidade técnica muito boa para se captar órgãos. Parabéns ao envolvidos em mais uma ação do bem”, finalizou Dr. Ronaldo.