Cotidiano

Santa Casa acompanha primeira captação do ano em Dourados

07/01/2019

Na noite desta sexta-feira (4) a equipe da OPO (Organização de Procura de Órgãos) da Santa Casa de Campo Grande realizou o primeiro acompanhamento externo do ano. O Hospital da Vida, em Dourados, sediou a captação de rins do homem de 64 anos que evoluiu para morte encefálica após um grave TCE (Traumatismo Crânio Encefálico).

 

Os rins do paciente foram encaminhados para o Rio Grande do Sul por meio de voo comercial. A equipe responsável pela extração do órgão, o urologista, Dr. Waldemar Abe, e o enfermeiro responsável da OPO, Rodrigo Gomes, contaram com a ajuda da Coordenadoria de Transporte Aéreo da Casa de Aviação de Mato Grosso do Sul para o transporte em tempo hábil de captação dos órgãos. 

 

O ano passado fechou com 41 captações de órgãos. Ao todo foram captados 59 rins, um pulmão, três pâncreas, 23 fígados e sete corações. Em 2018 foram constatadas 123 mortes encefálicas destas 48 tiveram recusa médica e 35 tiveram recusa familiar.