Cotidiano

Médicos participam de livro sobre cuidados com pacientes neurológicos em UTI

08/10/2018

Depois de dois anos de estudo sobre pacientes neurológicos críticos a médica intensivista da Santa Casa, Dra. Camila Martins, reuniu cinquenta profissionais da área da saúde para a auxiliar na produção do livro “Neuro Emergência & Neuro UTI”, lançado em setembro deste ano no Congresso de Neurovascular 2018. Participaram da produção os médicos intensivistas do CTI: Dra. Patrícia Berg, Dra. Aline Albuquerque de Abreu, Dra. Juliana Francielly Ewerling, Dra. Sylvia Carolina Borges, Dr. Edys Yukinore Tamazato e Sérgio Renato Couto, ambos do hospital. Além da participação do irmão, Dr. Carlos Roberto Martins Junior médico neurologista.

 

Direcionado a profissionais médicos, o projeto inicial era apenas um manual de boas práticas, porém conforme foram surgindo os assuntos ele se expandiu e se transformou em um livro em que são apresentados diversos relatos e considerações daqueles que lidam com pacientes neurológicos críticos diariamente nos CTIs dos hospitais no país e, além disto possibilitar um modelo de padronização de atendimento a esses pacientes.

 

O livro, segundo a médica, foi desenvolvido para facilitar a rotina de atendimento dos profissionais que lidam com este tipo de pacientes. “Este livro traz conhecimento a respeito de pacientes mais complexos e também possibilita o aperfeiçoamento das práticas por meio das considerações de cada autor. O atendimento eficiente nos pacientes diminui a possibilidade de lesões segundarias podendo assim devolver os pacientes em condições melhores para a sociedade”, comenta.

 

Dentro do estudo levantado pela médica, é de extrema importância a implantação do projeto de boas práticas nos CTIs, pois muitos pacientes que chegam nos hospitais estão com sérias lesões cerebrais e o cuidado e atenção prestados pela equipe multiprofissional faz toda a diferença para evolução positiva de cada caso. Durante sua residência em terapia intensiva pela Unicamp (Universidade de Campinas), Dra. Camila Martins começou a desenvolver o seu apresso pela terapia intensiva neurológica com apoio de médicos, fisioterapeutas e nutricionistas. 

 

“Nessa edição busquei mostrar, junto com os colegas da área, que não podemos tratar os pacientes neurológicos como uma doença qualquer, até porque o cérebro não espera. Por isso é preciso tomar alguns cuidados que sejam rápidos para que possam ser eficientes”, afirma. De forma cordial, a médica entregou para o presidente da Santa Casa, Dr. Esacheu Nascimento, um exemplar do livro que feliz e agradecido pelo presente recebido fez questão de divulgação o trabalho desenvolvido pela médica.