Capacitações

Enfermagem é capacitada sobre protocolo de classificação de risco na obstetrícia

28/05/2018

Na última sexta-feira (25) e sábado (26), enfermeiros do prontomed, pronto-socorro, centro cirúrgico geral e obstétrico participaram de um treinamento sobre os protocolos de A&CR em obstetrícia.  O encontro foi para atualizar os profissionais que lidam com as gestantes que demandam o hospital com objetivo de ajudar e apoiar a decisão clínica e na forma de linguagem universal para as urgências obstétricas.

 

Ao todo cerca de 30 profissionais participaram das aulas que foram divididas em partes práticas e teóricas com o estudo de caso sobre o manual de boas práticas, acolhimento à gestante e humanização. Os treinamentos foram ministrados pela fisioterapeuta, Fabricia de Rezende, e pelas enfermeiras, Suzicleia Strapason e Raquel Nascimento, ambas do Núcleo de Educação Permanente em Gestão e Atenção à Saúde (NEPGAS) pertencente à Escola de Saúde Pública.

 

Com base no estudo de caso a turma foi dividida em grupos para discussão do caso apresentado sobre a classificação de risco. Além deste treinamento, também foram feitas rodas de conversas com o tema “acolhimento” sendo trabalhada de maneira ilustrativa com uma encenação de teatro criado pelos próprios profissionais durante a capacitação.

 

Após o término do treinamento, as participantes fizeram o percurso dos lugares em que as gestantes passam para poder identificar as falhas e corrigi-las, a fim de ter uma qualidade ainda melhor no atendimento à gestante. Foram entregues certificados de 40 horas às participantes.

 

Protocolo de A&CR

O A&CR é um dispositivo de organização dos fluxos com base em critérios que visam priorizar o atendimento às pacientes que apresentam sinais e sintomas de maior gravidade e ordenar toda a demanda. Ele se inicia no momento da chegada da mulher, com a identificação da situação/queixa ou evento apresentado por ela.

Galeria de fotos