Cotidiano

Aos 100 anos, falece Dr. Wilson Barbosa Martins

13/02/2018

Ex-prefeito de Campo Grande entre os anos de 1959 e 1963, deputado federal e senador por Mato Grosso do Sul, ele governou o Estado por dois mandatos –1983 e 1986 e 1995 e 1998. Dr. Wilson nasceu na região do córrego Vacaria, hoje pertencente ao município de Rio Brilhante, em 21 de junho de 1917. Formou-se em Direito na Faculdade do Largo de São Francisco em 1939.

 

Em Campo Grande desde 1941, trabalhou como advogado e atuou profissionalmente em favor da ABCG-Santa Casa de forma voluntária. Em 1958, Dr. Wilson foi eleito prefeito de Campo Grande e fez uma administração marcada por reformas e pela implantação da previdência social no município.

 

Ao término de seu mandato, candidatou-se e elegeu-se deputado federal pelo Estado de Mato Grosso ainda único e foi eleito como um dos dez melhores parlamentares da Câmara Federal por sua atuação nas comissões permanentes.  Em 1966, então deputado federal, criou e presidiu o MDB (Movimento Democrático Brasileiro) no Estado. Em 1969 teve o mandato cassado pelo AI-5 (Ato Institucional nº 5) e tem seus direitos políticos suspensos por 10 anos.

 

Em 1982, Dr. Wilson disputa a eleição e se torna o primeiro governador eleito pelo voto direto na história de Mato Grosso do Sul. Dr. Wilson governou o Estado de 1983 a 1986 e fez uma gestão histórica, na qual pavimentou 2,5 mil quilômetros de rodovias, incluindo-se as rodovias federais BR-262 (entre Corumbá e Três Lagoas) e a BR-163 (entre Dourados e a divisa do Paraná).

 

Em 1986, ele renunciou para disputar uma vaga no Senado e deixou o Governo para Ramez Tebet (PMDB). Eleito senador para o período de 1987-1994, ele foi um dos integrantes da Constituinte de 1988. Em 1994, volta a disputar para governador e é eleito novamente. Afetado por más condições de saúde e a idade avançada, Dr. Wilson deixou a militância política nos últimos anos.

 

Em 2013, foi internado após um AVC (acidente vascular cerebral), e no ano seguinte sofreu um mal súbito que o debilitou. O velório do ex-governador terá início às 15h desta terça no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo – Palácio Popular da Cultura e o sepultamento será às 10h de amanhã, quarta-feira (14), no cemitério Parque das Primaveras.