Cotidiano

Ano inicia com três transplantes de córneas na Santa Casa

04/01/2019

A Santa Casa de Campo Grande iniciou o ano realizando três transplantes de córneas na última quarta-feira (2). Os pacientes de 23, 36 e 58 anos esperavam pelo transplante há anos e, com o aumento no número de doações de córneas nos últimos meses, foi possível pôr fim aos sofrimentos dos mesmos.

 

A paciente de 23 anos já havia sido transplantada de um olho há 10 anos e há cinco anos esperava consulta para indicação do transplante no olho contralateral. O paciente de 36 anos sofria com a doença ceratocone bilateral há um ano. Já a paciente de 58 anos com história de herpes ocular desde a infância, há dois anos apresentou cicatriz corneana importante com baixa de acuidade visual, realizando seu transplante no último dia 2.

 

Nos últimos 11 dias foram nove transplantes com as mais variadas indicações: trauma ocular, ceratocone, doença degenerativa da córnea, cicatriz pós infecção entre outras. “Atribuímos esse aumento no número de doações de córneas devido uma parceria reafirmada entre Banco de Olhos da Santa Casa, Central Estadual de transplante e CIOPS (Centro Integrado de Operações de Segurança”, disse a coordenadora médica do Banco de Olhos, Dra. Cristiane Bernardes.

 

O ano de 2018 encerrou com 22 transplantes de córneas realizados e 231 córneas disponibilizadas para transplantes.